sexta-feira, 14 de agosto de 2009

BLOG NOVO!


Galera, ganhei um blog no portal MTV e acabei não dando conta dos dois!
Agora o de lá virou meu blog, na verdade.
Vou deixar esse aqui moribundo por apego, mas lá posto com uma suave frequência
de mais ou menos uma vez por semana....rs.
O último texto é triste mas hoje já é amanhã e estou alegrezinha.
Eis el nuevo endereço:
www.mtv.com.br/karinabuhr

Beijos!!
Buhr

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Café


CAFÉ
Eu não estou falando tudo
pra implorar pra você ficar
estou falando tudo
pra lhe informar de que eu vou
enquanto passo o café
Enquanto passo o café
ele vai traduzindo as coisas
e enquanto as coisas passam
vamos tomando café
E quando já não dá pé
é difícil livrar do vício
corpos acham que é ofício
e seguem acostumados
se livrando do gosto do risco
botam açúcar no café
E quando tudo desaba
às vezes ferver a água
às vezes passar o café
sentir o cheiro do café
é melhor que tomar o café
(Karina Buhr)


sábado, 13 de junho de 2009

Pulando e cantando e seguindo a canção...



Em dias de nada pra falar vão umas afotinhas...
e um versinho semi sem rima:


"DECLARAÇÃO DE RENDA
Quem se importa se na festa de natal
eu tive um ciúme, uma Brad Pitt,
eu quero ser sua praia, seu gol
seu Sport Clube do Recife!"

ps.Tudo bem que esse aí ficava melhor se postado na semana passada...né Sport Clube?

Beijos,
Buhr

segunda-feira, 18 de maio de 2009


Hoje, 18 de maio, às 20:00,
estou no "10 Horas no Estúdio", quadro do programa Radiola,
na TV Cultua.
A música é Telekpohnen.
Passamos 10 horas no estudio da Trama gravando,
mixando e comentando as gravações...
Karina Buhr: voz, percussão e composição
Bruno Buarque: bateria
Mau: baixo
Otávio Ortega: teclado
Guizado: trompete

terça-feira, 28 de abril de 2009


SHOW 6 DE MAIO TAPAS CLUB

TOCO 6 DE MAIO, QUARTA FEIRA
no TAPAS CLUB
às 23:00
$10

Augusta 1246
São Paulo

domingo, 26 de abril de 2009

SHOW 3 DE MAIO NA VIRADA CULTURAL

3 de maio às 11:00 da matina...
no CEU- Cidade Dutra
Av. Interlagos, 7350

domingo, 12 de abril de 2009

Letras




FESTIVAL OUTONO OFICINA!
Sábado, 18 de abril, vai ter show meu no Teatro Oficina, em São Paulo...
...e festa com as DJs Fê Cardoso e Tati Dias, conhecidas pelo bom
som que fazem no Club Berlim!
Bar funcionando no teatro!
L'equipe completa del show é:

Bruno Buarque: bateria e mpc
Otávio Ortega: teclado e escaleta
Mau: baixo
Guilherme Mendonça: trompete
Ricardo Moranez: luz
Dipa: som
Duda Vieira: produção
Letras e músicas são minhas.
pra baixar cd promo... www.sombarato.org
e algumas coisas no www.tramavirtual.com.br

Plástico Bolha

Hoje eu não tô a fim
de corre corre, confusão
eu quero passar a tarde
estourando plástico bolha

Mas você reagiu mal
por que você não esperava
mas eu te esperei
e a gente se desesperou

Hoje eu não tô a fim
de corre corre, confusão
eu quero passar a tarde
estourando plástico bolha

bolinha de fumaça,
plástico bolha...

(Karina Buhr)

SOLO DE ÁGUA FERVENTE

Solo de água fervente
sob meus pés descansa
imaginando que a moça sobre água dança
com os pés cansados
e calos na mente
a água não sente o que a perna cansa

Algo não compassa agora
que o mesmo caminho é outro
e em minha cabeça um pouco
da falta que em nada é escassa.

Algo em minha cabeça
que passa, que é longe e é oca
não fala na tua presença
que é pouca, não rói, nem disfarça.

Agora o que passa é nada
a falta é pouca e ruim
o gosto que dói na boca
é pouco
e não dói em mim

(Karina Buhr)

VIRA PÓ

Seu suor
vira sofá
cadeira
mesa de centro
ou não vira nada
vale nada
vira vento

A todo momento
alguém vira pó
se vira pó só
se vira pó só

Em todo mundo dá cupim,
vira pó só

Tanto faz se é bom
ou é ruim
vira pó só
vira pó só
vira pó

O pé da mesa
e o dono da mesa

vira pó só
tanto faz se é bom ou é ruim
dá cupim
vira pó só

Seu suor
solidifica
vira pó

(Karina Buhr)

Ciranda do Incentivo

Boiar no mar é de graça,
é de graça, é de graça

Eu vou fazer uma ciranda
pra botar o disco
na lei de incentivo a cultura,
a cultura, a cultura.

Mas é preciso entrar no gráfico
do mercado fonográfico

Mas eu não sei negociar
eu só sei tocar meu tamborzinho
e olhe lá.

Mas eu não sei negociar
eu sei, no máximo,
tocar meu tamborzinho e olhe lá!
e olhe lá!

(Karina Buhr)

Eu Menti Pra Você

Eu sou uma pessoa má
eu menti pra você
você não podia esperar
ouvir uma mentira de mim.
que pena eu não sou o que você quer de mim.

Se você tiver que escolher
entre você e o seu amor
você escolhe quem?
Você escolhe quem?

Se você tiver que escolher
entre você e o seu amor
your love, your love, your love.

Talvez o tempo possa me livrar da culpa
que eu não sei se vem de mim
ou da cruz de Jesus

Mas eu tenho ainda um grande amor pra te dar
quero saber se você aceita ele como for

My love is your love

(Karina Buhr)

O Pé

A pedra, o pé descendo a rua que cobre a pedra,
embaixo dela a terra,
embaixo da terra o céu de novo.

Sentindo a lentidão do dia há dias lentos demais
não sinto, não tenho vontade, não agüentaria
o céu embaixo das nuvens, a terra por baixo do asfalto,
o centro da Terra que puxa a gente, a gente pula contra a vontade do chão.

Queria andar, andar, andar, andar e viajar, viajar, viajar
queria andar, andar, andar, andar e viajar, ir até lá, viajar

(Karina Buhr)

sexta-feira, 10 de abril de 2009

BEM VINDAS

Vida que cai em mim
bem vinda seja
nessa tarde que passa mansa
e despreocupada comigo

Morte que cai bem
vinde em mim agora
que sou despreocupada comigo

Essa tarde dourada que traz
felicidade pras pessoas normais
não me mente mais

Essa tarde que esquenta minha barriga
por baixo da blusa preta
e meu umbigo
envolvido nesse calor
se faz de morto

Não sente nada
só vazio

(Karina Buhr)

AVIÃO AEROPORTO

Pelo avesso
vamo pro fundo
pro fundo

Arame farpado na cabeça
vento, cata-vento, vulcão
pâncreas, fígado, coração
suspeito
de tudo que passava por lá e vinha pra mim
da cabeça passava pro coração
ia e voltava fundo

Um pouco do produto bruto
que jorra da sua pessoa presa, acesa
sinto muito que você não pensa nisso
surpresa sua

mas pode ser também surpresa minha
surpresa sua

(Karina Buhr)

NASSÍRIA E NAJAHF

Dorme antes do míssel passar
daqui a um segundo eu posso não ter mais você
você não mais que isso
nossa casa explodir
uma arma cravar meu corpo
um corpo furar sua carne

Mesmo o que a gente não tem mais
pode morrer aqui
não importam seus amigos anjos
nem sua vontade de comer um bolo
nem meu vestido novo
nem meu vestido velho

Dorme logo antes que você morra!
Dorme logo antes que você morra!

Está chovendo fogo
e as ruas estão queimando
todo mundo assistindo
a gente desmilinguindo
nosso sangue derretendo
junto com o mundo que vai se acabando.

Não deu certo!
Tanto trabalho, tanto tempo,
planeta ser feito, gente ser feita,
não deu certo!

Dorme logo antes que você morra!
Dorme logo antes que você morra!

Essa é pras criancinhas de Nassíria, Najaf, de Bagdá
uma canção de ninar.

Essa é pras criancinhas de Nassíria, Najaf, de Bagdá
Uma canção de ninar.

Dorme logo antes que você morra!

(Karina Buhr)

domingo, 8 de março de 2009

Show no Pátio de São Pedro em Recife / Carnaval 2009.
Foto: Priscilla Buhr